[XBOX] Nightmare - Cadu Breda

November 21, 2015

 

 

Nós: “Boa noite, Carlos.”
Carlos Breda: “Boa noite.”

 

Nós: “A sua equipe, FC Nightmare, está a quanto tempo no cenário do pro clubs?”
Carlos Breda: “A equipe do Nightmare existe desde 2012, o início do FIFA 13. Nosso grupo de amigos sempre jogava junto, ai surgiu a ideia de criarmos uma equipe para jogarmos campeonatos. A partir dai nunca mais paramos.”

Nós: “Percebemos que o elenco pouco se modificou ao longo dos anos, como foi possível manter tantos bons jogadores por todo esse tempo?”
Carlos Breda: “Consegui manter a base do time pois a maioria do pessoal já era amigo antes de jogarmos Pro Clubs juntos. Na época em que começamos o time, existiam poucos torneios de Clubes Pro em sua essência. A maioria eram campeonatos de ligas, com os nomes dos times fixados. Então não houve problema em manter o time junto, ai conforme o Pro Clubs foi crescendo, nós também crescemos e melhoramos.”

Nós: “Quais são as ambições de títulos para esse Fifa?”
Carlos Breda: “Nesse FIFA 16 nós estamos trabalhando para conseguir pelo menos um título de cada uma das principais ligas: LBC, CBPC e CVPC. Caso exista a oportunidade de disputarmos algum campeonato interclubes nos esforçaremos o máximo para conquistar mais esse título.”

Nós: “Por que a equipe costuma ter um rendimento maior no LBC do que em campeonatos de outras federações?”
Carlos Breda: “Nós não temos maior rendimento no LBC. Jogando com o time completo conquistamos ou chegamos perto de conquistar todos os campeonatos que disputamos. Fora que os atuais campeonatos que estamos jogando ainda tem muitos jogos pela frente, alguns com jogos de mata-mata, que gostamos muito de jogar.”
 

Nós: “Na sua opinião por que uma equipe que é conhecida como um dos maiores campeões do pro clubs em todos os tempos tem tão poucos jogadores convocados para a seleção Brasileira?”
Carlos Breda: “Acredito que não temos muitos jogadores na seleção pois nossos jogadores apenas jogam. Não ficamos fazendo videos e postando em grupos do Facebook, amigos fazendo campanha para determinado jogador ser convocado. Ai alguns acabam sendo deixado de lado pois não têm a "pressão" dos outros para serem convocados.”

Nós: “Você tem a ambição de treinar a seleção Brasileira?
Carlos Breda: “Não.”

Nós: “Por quê?”
Carlos Breda: “Não tenho mais vontade de treinar a seleção, agradeço ao Curupira pela oportunidade que tive mas é muito complicado conseguir conciliar seu clube com a seleção. As escolhas do manager podem acabar sendo influênciadas pelas amizades, e não tanto pelo futebol, como normalmente ocorrem. Eu acredito que a seleção deveria ser administrada por um manager exclusivo para ela, como ocorre na vida real.”

Nós: “Você se considera o melhor manager do pro clubs?”
Carlos Breda: “Não me considero o melhor manager, mas sei das minhas qualidades. Não coloco nínguem acima de nínguem, aqui todos são iguais, todos sabem seu papel tanto dentro quanto fora de campo. Mediar isso talvez seja a minha melhor qualidade.”

Nós: “Percebemos que mesmo sendo uma das equipes mais novas em relação a idade os jogadores tem um comportamento relativamente sem polêmicas e discussões em grupos, na sua opinião se deve à que?
Carlos Breda: "Nossa equipe, em geral, é tranquila como já disse, praticamente nunca tirei alguem do time, mas nas poucas oportunidades que tive que pedir pra alguem sair foi por comportamento, pois não tolero desrespeito com ninguém. Provavelmente seja por isso que sempre evitamos brigas e polêmicas."

Nós: "Obrigado, Carlos. Desejamos muito sucesso."
Carlos Breda: "Eu quem agradeço." 

Please reload